APRENDER A ESTUDAR EM 5 ETAPAS

APRENDER ESTUDAR

Aprender estudar é um processo que envolve etapas de compreensão e retenção de novos conceitos e principalmente, capacidade de recuperação.

Para que possamos, posteriormente, aplicar o aprendizado nas mais variadas situações em que ele seja útil.

Com este conceito o Professor Marco Aurélio Ribeiro define 5 etapas que compõem o processo eficaz que permite aprender estudar com eficácia.

AO ESTUDAR UM TEXTO

Ler algo por entretenimento não requer requer sistematização no processo de leitura, certo?

Agora para aprender a estudar um texto com o objetivo de aprendizado, experimente aplicar o método proposto a seguir de forma sistemática.

Execute cada uma das etapa como são apresentada a seguir.

Persista com este método por vários textos ou estudos e em pouco tempo, você perceberá melhorias significativas no aprendizado.

#1 ETAPA. ANTECIPAR O CONTEÚDO GERAL

Obtenha uma visão geral do conteúdo, percorra o texto para identificar e ler pontualmente:

  • Títulos e Subtítulos.
  • Introdução e Conclusão, quando disponíveis.
  • Tópicos de separação dos assuntos.
  • Imagens, diagramas, tabelas.
  • Qualquer estrutura que se destaque do texto corrido.

Muito do que aprendemos depende das relações que fazemos com o que já conhecemos, esse processo estimula também o nosso estado de atenção.

#2 ETAPA. PRIMEIRA LEITURA – GLOBAL

Leia todo o texto ou uma parte do texto que constitua em si uma unidade de conteúdo completa (tema, assunto ou capítulo).

O objetivo desta primeira leitura é compreender aspectos gerais, as ideias mais importantes do tema.

Se o texto lhe parecer longo demais para ler até o final, defina até qual ponto vai ler para estabelecer pequenos objetivos realizáveis.

Então, leia do início ao fim, de uma só vez o trecho que se propôs a ler.

Para superar uma eventual dispersão inicial, use artifícios como ler em voz alta, escrever uma palavra, tópico ou frase do que está lendo, se houver exercícios, comece pelos mais fáceis!

Os objetivos desta etapa são:

  • Compreender o sentido global para depois entrar no detalhe.
  • Observar o que já se sabia e o que é novidade no conteúdo.
  • Verificar se lembra de fatos que contradizem ou confirmam o texto.
  • Anotar palavras ou questões não compreendidas durante a leitura.

Diante de uma temática muito nova ou complexa, uma nova leitura pode vir a ser necessária.

Somente passe para a próxima etapa quando obtiver a visão geral do texto.

#3 ETAPA. SEGUNDA LEITURA – ANALÍTICA

Leia novamente o texto da #2 ETAPA de modo a compreender todos os detalhes, dentro do conjunto de aspectos gerais e ideias importantes já identificadas até o momento.

A cada tópico procure identificar:

  • Os conceitos-chave e
  • As informações mais relevantes.

Procure extrair de cada parágrafo um título curto e objetivo que sintetize a ideia nele contida.

Marque, grife ou escreva ao lado do parágrafo (*) esse título para servir como um índice ou referência da ideia ou conceito.

(*) Adéque a forma de fazer isso ao formato físico (impresso-papel) ou meio digital do texto.

Concluída essa leitura  faça um esquema analítico para organizar todo o conteúdo, na forma de:

  • Listas enumeradas transformando em itens o texto corrido.
  • Diagramas e esboços de desenhos com flechas, círculos, etc. Isso tende a melhorar a fixação.

#4 ETAPA. SÍNTESE

Fique somente com o fundamental do conteúdo como regras, princípios e os pontos-chave, elimine exemplos e repetições.

Exerça a sua capacidade de abstração, crie a sua própria síntese porque isso faz parte do processo de aprendizado eficaz, que:

  • Experiência o GLOBAL, passa pelo ANALÍTICO para depois, construir a SÍNTESE.

Lembre-se: “Ninguém aprender por ninguém. Somente a pessoa pode aprender” diz o Professor Marco Aurélio.

TESTAR O QUE APRENDEU

Experimente aplicar o que aprendeu em novas situações, mais difíceis ou diferentes, das situações exemplificadas no conteúdo estudado.

Aprendizado e passividade não combinam, é preciso coragem e honestidade para testar o quanto aprendeu.

Verificar se adquiriu novas estratégias de comportamento ao resolver exercícios, que permitiram a você:

  • Testar a compreensão dos conteúdos estudados.
  • Descobrir pontos de dúvidas que ainda restam.
  • Reforçar, solidificar o conhecimento.

CONSTRUIR ESQUEMAS (MAPAS MENTAIS)

Há várias formas de fazer um esquema do conteúdo da sua síntese.

Use uma representação gráfica das informações mais importante, com títulos, frases curtas e objetivas, palavras-chave, etc.

O esquema deve ser enxuto, visualizado e lido de forma rápida e que lhe permita resgatar a compreensão do que foi estudado.

Acrescento aqui, a sugestão de esquematizar a síntese com mapas mentais, em meio digital ou físico.

RESUMIR

Um resumo só faz sentido após compreender e testar o que foi estudado, procure então:

  • Usar as suas próprias palavras, em frases curtas.
  • Transcrever fórmulas, princípios, leis, etc.
  • Colocar uma ideia por parágrafo.

Ao fazer o resumo e se preparar para uma prova, procure trabalhar com três tipos de memórias:

  • Visual, quando lê e relê o texto do resumo.
  • Auditiva, ler em voz alta o próprio resumo.
  • Mecânica, ao escrever ou reescrever o resumo.

ENSINAR

Ensinar é sem dúvida uma das melhores técnicas de aprendizado eficaz.

Ensinar algo que acabou de aprender exige esforço para estruturar o conteúdo a ser transmitido, com as suas próprias palavras e traz benefícios ao processo de memorização.

MEMORIZAR

Ao conseguir reter e recuperar o conteúdo compreendido temos a confirmação de que o aprendizado foi eficaz.

Memorizar é um processo muito mais complexo do que “decorar”.

Implica analisar e sintetizar, fixar as informações mais fundamentais e fazer associações entre o que é novo com o que já é conhecido.

Além disso, envolve atenção, criatividade, linguagem, pensamento lógico, percepções sensoriais sobre imagem, sons, odores e estados (sentimentos).

Associações de ideias podem ser desenvolvidas com técnicas mnemônicas.

Procure identificar qual o sistema representacional (visual, auditivo ou cinestésico) você usa com mais frequência, esse poderá ser também o sistema mais adequado ao seu processo de memorização.

#5 ETAPA. REVISAR

Faça revisões com o objetivo de reter conhecimentos e para lidar com a grande quantidade de matérias.

Você pode economizar até 2/3 do tempo necessário para as revisões, ao revisar os conteúdos estudados da seguinte forma:

  • Revisar através da síntese, resumo, esquemas ou mapas mentais.
  • Revisar o mesmo conteúdo de forma cíclica (semanal, quinzenal, mensal ou por quantidade de dias corridos)
  • Revisar às vésperas de provas.
  • Dispor dos materiais sempre a mão para reler em qualquer oportunidade ou ociosidade

Caso você não consiga relembrar, de forma adequada, os conteúdos estudados com as revisões, procure:

  • Confrontar o material utilizado (síntese, resumo, etc.) com o conteúdo original estudado.
  • Peça ajuda, recorra a um amigo, tome alguma ação imediata, evite deixar matérias para revisar depois.
  • Verifique se o ambiente proporciona o estado de concentração necessário.

CONCLUSÃO

A mensagem fundamental proposta nessas 5 etapas para o aprendizado eficaz, do Professor Marco Aurélio, é que devemos sempre ter uma atitude pessoal e ativa em nosso processo de aprendizagem.

Afinal, aprender é uma experiência pessoal e intransferível.

Muito Sucesso!

Aprender Memorizar.

Gostou do conteúdo?    Por favor, Compartilhe!

Junte-se aos Melhores Estudantes e Receba Conteúdos Relevantes para o Seu Projeto de Aprovação! Inscreva-se por aqui.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.